Casa de Ensino Profissionalizante

Created with Sketch.

pequeno-mundoA concepção da Casa de Ensino Profissionalizante foi permeada por um processo de reflexões e estudos sobre o futuro do mundo do trabalho. Na busca da resposta sobre qual deveria ser a linha de pensamento e de atuação do Pequeno Mundo, chegamos às mesmas perguntas com as quais se deparam as instituições e os pensadores dos temas de juventude: Quais profissões vão surgir? Quais vão desaparecer? Que aptidões e habilidades devem ser desenvolvidas para sobreviver no futuro cenário do mundo do trabalho?

Some-se a estas, o fato desses jovens terem passado por escolas públicas cujos sistemas de ensino frequentemente deixam lacunas ou se desenvolvem em desconexão com as necessidades, com os anseios e com os valores dessa geração.

Não é proposta do Pequeno Mundo, e nem seria possível, corrigir ou dar conta das lacunas que a escola deixa na vida desses jovens. Mas também não será possível deixar de lidar com as consequências advindas dessa situação.

Três qualidades fundamentais

O pensamento que passou a orientar o desenvolvimento da metodologia pedagógica do Pequeno Mundo foi definido pela crença de que vão se inserir e permanecer no mundo do trabalho, qualquer que seja o cenário futuro, os indivíduos capazes de desenvolver ao menos três qualidades: criatividade, habilidade social e destreza.

Criatividade para desenvolver resiliência e adaptabilidade.

Habilidade social para compreender as dinâmicas da vida em sociedade e do trabalho em grupo.

Destreza porque saber fazer será sempre um diferencial decisivo.

Esses três aspectos estão permeados em toda a concepção pedagógica da metodologia e dos conteúdos dos cursos.